Arquivo da seção 'Quarta Temporada'


Postado por: em: 17 de outubro de 2014


Não é a primeira vez que a revista online alemã myFanbase entrevista um membro do elenco de Teen Wolf, e duvidamos muito que será a última. Dessa vez, foi recentemente publicada na página de entretenimento de seu site uma matéria de interessantes perguntas e respostas com o ator Linden Ashby, que interpreta o Xerife Stilinski em Beacon Hills desde a primeira temporada.

Apesar das opiniões diversificadas em relação aos vários casais da série, com um os fãs parecem dar as mãos e torcer por um romance: Papa Stilinski & Mama McCall. Segundo ele, talvez estejamos prestes a ver nossos sonhos se realizarem na próxima temporada! Mas, pode ser que os filhos dos personagens não pensem assim. E por falar em pensar, se você já se desespera pensando em uma 6ª Temporada de Teen Wolf, pode saber aqui o que Linden tem a dizer a respeito (e provavelmente se acalmar um pouco).

Como se não fosse o suficiente, nessa excelente entrevista o ator fala sobre suas expectativas sobre o começo da carreira artística e em Teen Wolf especificamente, a evolução da série, seu personagem e as relações dele com Stiles e com Derek. Ele também comenta sobre seus colegas de elenco e as surpresas que a série lhe trouxe, e ainda compartilha suas preferências quanto a seriados de TV e muito mais. Confira abaixo a tradução completa da matéria:

Ele é o nosso Xerife preferido da televisão porque ele é um excelente investigador, porque a ocasional falta de orientação dele é tão humana e adorável quanto sua compaixão, coragem e determinação são, e porque ele é um pai incrível, mesmo que os amigos do filho dele não sejam monstros. A maior razão pela qual o Xerife Stilinski de Teen Wolf é um cara tão apaixonante e engraçado, no entanto, é porque ele é interpretado por Linden Ashby. Linden Ashby se importa muito com o viúvo Xerife, que faz uma dupla perfeita com seu filho Stiles, e isso é algo que os espectadores sentem assistindo às cenas dele. Em nossa ligação com Linden ele estava em um humor ótimo e a forma com a qual ele respondeu nossas questões refletiram maravilhosamente o sentimento de família de Teen Wolf que dá ao seriado aquela coisa a mais.

– Quando você começou sua carreira de ator você provavelmente tinha algumas expectativas a respeito do trabalho. Alguma delas acabou sendo o que você esperava?

Linden: É uma boa pergunta. Eu não sei se a vida alguma vez acaba sendo exatamente do jeito que você espera porque eu não acho que você possa imaginar como o mundo vai estar. Quando eu comecei era – estou velho – era 1993. O mundo era um lugar completamente diferente. Eu aproveitei tanto quanto achei que eu iria, provavelmente mais e de formas diferentes. Eu não acho que eu tinha pensamentos sobre como seria no fim das contas. Eu acho que eu não tinha noção preconcebida de como as coisas estariam de verdade e eu só vou lidando conforme vai acontecendo.

– Uma série chamada Teen Wolf na MTV teve muitas pessoas duvidando no começo, quando foi que você percebeu que era parte de algo bastante especial?

Linden: Realmente me afetou de duas formas. Quando eu li o script foi muito bom porque quando eu recebi a chamada eu era como você, eu fiquei tipo “Teen Wolf, ai meu Deus,” eu pensei no filme dos anos 80 e pensei que isso seria terrível. E aí eu li o script e o script era muito bom. E então quando eu realmente soube que seria algo especial foi durante uma leitura na íntegra do roteiro ao conhecer meus colegas de elenco pela primeira vez e fiquei impressionado com o quanto essas crianças eram talentosas e como elas eram especiais de verdade. Então durante a primeira temporada eu tive a chance de trabalhar com eles muito mais. Eu não achava que seria um sucesso do jeito que tem sido mas eu sabia que nós estávamos fazendo algo muito bom.

– Com o passar dos anos Teen Wolf tem crescido de um mistério romântico adolescente para um desenvolvido drama de ação e horror com sua própria mitologia. Qual é sua opinião sobre a evolução da série?

Linden: Eu estou constantemente impressionado. Eu amo Jeff Davis. Além de ser um bom amigo ele é… que imaginação! A habilidade de criar esse mundo, para mim não há algo mais aterrorizante do que uma página em branco na sua frente. E você começa a escrever e você cria esse mundo e é simplesmente brilhante. E o fato de que ele é tão investido em mitologia e tão minucioso em relação aos detalhes, eu acho que deu um tremendo resultado. Eu estou constantemente impressionado. Eu sou um grande fã do gênero então eu sou um público difícil.

– Em um episódio no começo da 4ª Temporada o Xerife Stilinski foi meio que a voz dos espectadores quando ele falou sobre o número chocante de monstros na pequena cidade de Beacon Hills. O que você acha que está ficando confuso?

Linden: Há vários monstros diferentes e eu acho que pode haver momentos onde se é confuso e as coisas não são explicadas mas se você aguentar um pouco elas serão explicadas. Então eu acho que isso é parte da diversão, que você tem que passar por essa jornada e você deve confiar e aí sua confiança é geralmente recompensada. Nós não o deixamos sem resposta. Mas eu ainda fico tipo “O que é Parrish?” e Jeff chegou tão perto de contar a Ryan Kelley. Mas aí “Não, eu não vou contá-lo porque Parrish não sabe então você não deve saber.” [risos] Todos começaram a dar palpites sobre o que ele é mas eu acho que será uma 5ª Temporada muito interessante. Esse será um dos grandes mistérios a ser resolvido e eu acho que não será nada simples. E então acho que temos a Loba do Deserto, eu não tenho ideia do que a Loba do Deserto seja. É a mãe da Malia? Será uma grande aventura, essa próxima temporada! Mal posso esperar para começar a ler os scripts.

– … e nós mal podemos esperar para assistir! Uma das muitas coisas incríveis da série são as relações entre pais e filhos. Os pais dão mesmo apoio de todas as maneiras. Você às vezes troca pensamentos com Xerife Stilinski? Quero dizer, você dá conselhos nas cenas dele ou você segue conselhos das cenas dele?

Linden: Sim, às vezes. Stilinski é um ótimo pai! Eu acho que fiz um trabalho muito bom com meus filhos, sabe, Susan e eu nos saímos bem. Mas eu acho que eu reflito em Stilinski e Stilinski reflete em mim. Eu acho que ser um pai tem me ajudado tremendamente com esse papel. O que eu acredito que separa essa série de algumas outras é que os pais são pessoas reais. Eles têm opinião e são importantes na vida de seus filhos. Nesse gênero os pais simplesmente se tornam essas figuras moldáveis para ou desenrolar a história ou ser praticamente parte do cenário. E estes são personagens completamente desenvolvidos com os quais as pessoas se importam e nós nos importamos. Eles estão envolvidos na história, eles são uma parte essencial desse mundo. E eu acho que essa é uma coisa tão ótima de se ver.

– As cenas da família Stilinski são sempre incríveis, como a cena no hospital dessa temporada. Dylan O’Brien me disse em Viena que ele normalmente não se prepara para cenas emocionantes. Como vocês dois trabalham juntos em cenas assim? Você tem um jeito parecido?

Linden: Eu tento nunca entrar em uma cena focado no resultado. Eu sei o que eu quero em uma cena… qual é minha forma de fazer isso.  Eu normalmente não falo sobre o meu processo como um ator. Nós dois conhecemos esses personagens e nós investimos na realidade do momento e o que acontece é o que acontece e é sincero. Nós como pessoas, Dylan e eu, nos amamos, eu o amo, ele me ama, nós somos bons amigos e é ótimo ter boa escrita porque você diz essas palavras, você interpreta a cena e a realidade da situação imaginária deles brilha e você vai em frente. Qualquer coisa pode acontecer, então eu nunca me preparo para um resultado como dizer que eu quero chorar em uma cena. Eu me preparo para uma cena sabendo do que a cena trata, o que eu quero na cena e há muitas formas diferentes de se conseguir algo que você quer na vida e a vida costuma ter reviravoltas e são esses os belos momentos que acontecem.

– Depois que o Xerife descobriu a respeito do sobrenatural ele foi em busca da solução do caso em volta de Malia, a garota que pouco depois se tornou a primeira namorada de seu filho. E a essa altura parece que ele está tão feliz em ter uma menina mais ou menos na família. Talvez isso o faça deixar uma mulher voltar à vida dele, também?

Linden: Eu acho que nós veremos um pouco disso com certeza. Nós atingimos um ponto nessa história que eu acho que existe alguém em que ele certamente está de olho. E eu acho que ele não ficará desapontado. Eu estou pronto, quero dizer, Stilinski está pronto. A parte engraçada será como Scott e Stiles vão lidar com isso [risos]. Digo, eles são melhores amigos mas é tipo, você quer mesmo seu pai e sua mãe sendo namorados quando vocês são melhores amigos?

– Na Temporada 3B a reação silenciosa da Melissa e do Xerife Stilinski à ressonância magnética de Stiles foi uma atuação incrível sua e de Melissa. Você acha que o enredo sobre a doença de Claudia Stilinski será continuado em algum ponto?

Linden: Eu não sei?! Ela sempre será uma parte da minha vida mas eu acho que ela gostaria que eu seguisse em frente, ela gostaria que eu encontrasse o amor. Eu não sei se nós vamos explorar mais a doença mas eu acredito que é hora de seguir em frente como pessoa.

– Xerife Stilinski é um dos personagens que traz vigor a Teen Wolf como Melissa, como Scott e Stiles, mas nessa temporada você também teve algumas das cenas mais engraçadas. Com isso surgiu?

Linden: [Risos] Eu não sei?! Eu só digo as palavras que estão escritas. Veja as pessoas com as quais eu estou interpretando, sabe, se eu estou com Dylan e Shelley… e também pode ter aquele momento de olhar para a insanidade da situação, se você simplesmente parar e olhar para o que está lidando, é loucura. Então eu acho que parte disso vem disso e eu gosto de rir e eu trabalho com pessoas muito engraçadas e então eu posso apenas curtir.

– Nessa temporada Derek passou um bom tempo na mesa dos adultos. Existe talvez mais dessa ótima parceria entre Derek e o Xerife Stilinski à vista?

Linden: Eu com certeza espero que sim. Eu acho que existe uma dinâmica muito legal e eu espero que nós vejamos sim mais disso. Eu sei que Tyler e eu gostamos muito de trabalhar um com o outro. É uma espécie de, Jeff a chamou de relação-Batman-Comissário-Gordon [risos] e foi bem engraçado.

– Parece que os pais têm vivido em Beacon Hills por alguns anos. O meu sonho é um episódio com um jantar com todos os adultos no qual nós aprendemos tudo sobre a história do passado compartilhada deles. Quais são as chances de algo do tipo acontecer?

Linden: Eu adoraria isso! Eu adoraria isso porque eu tenho a minha própria história sobre quem eu sou, tenho certeza de que a Melissa tem, estou certo de que Susan, a mãe da Lydia, tem e tenho certeza de que o JR tem…

– … e o Técnico…

Oh meu Deus, Bobby Finstock! Todo mundo. Quero dizer, eu sei que Stilinski cresceu em Beacon Hills e sim, eu acho que seria muito legal ter essa cena. Essa cena seria ótima! Porque quando você descobre o passado das pessoas, as camadas as deixam muito mais interessantes.

– Outra coisa incrível de Teen Wolf é que Beacon Hills é um lugar onde a homofobia não existe. Você acha que uma série legal, interessante como Teen Wolf pode ajudar a dar mais visibilidade para a juventude LGBT?

Linden: Eu com certeza espero que sim. Eu já vejo a diferença entre a minha geração e a geração dos meus filhos. Simplesmente não é um tabu e é tão mais aceito do que era quando eu estava crescendo. E eu digo a você que eu anseio pelo dia em que nós nem teremos que ter essa conversa, em que será um fato. Eu acho que tantos desentendimentos, o medo – eu acho que é isso que é – estão desaparecendo, a estupidez está desaparecendo. E pessoas estão percebendo que não é uma escolha, você não tem escolha sobre a sua sexualidade mais do que você tem sobre a sua altura. É simplesmente quem você é. Eu acho que é tão legal ter uma série que tem lidado com isso dessa forma e eu espero que seja uma reflexão da direção para a qual o mundo está indo.

– Com uma 5ª Temporada estendida e o “teen” no título da série, você vê Teen Wolf ir além da 5ª Temporada?

Linden: Acredito que sim. Eu acho que existe uma boa chance disso. Eu sei que as pessoas já falam sobre isso na emissora então nós vamos ter que esperar pra ver mas eu acho que com certeza há conversas sobre ir além da 5ª Temporada. O elenco jovem que está chegando agora, Dylan Sprayberry e Khylin Rhambo, eles são ótimos! É tão incrível para mim, sabe, Dylan Sprayberry veio surfar comigo algumas semanas atrás e ele é um menino tão bom e ele é uma criança! Quero dizer, ele tem 16 anos e você esquece a energia e as dinâmicas e as atitudes de alguém com 16 anos de verdade. É maravilhoso! É energia sem limites e é completamente diferente do que vemos em cena. Eu acho que eles são uma ótima adição à série.

– Olhando de volta para os 4 anos de Teen Wolf, qual foi a maior surpresa para você?

Linden: A partida de Crystal! E isso foi uma escolha dela. Ela quis deixar a série e eu fiquei tipo “Por quê? O que você está fazendo?” Mas ela realmente sentiu que era a decisão certa a ser feita naquele momento da vida dela e ela fez. A outra grande surpresa foi como a série tem feito sucesso e como tem realmente causado impacto em tantas pessoas ao redor do mundo de uma forma tão incrível. Essa é a maior surpresa agradável.

– Teve algum dia no set que você gostaria de reviver, apenas para passar pela experiência de novo?

Linden: Houve tantos. Tantos dias que nós havíamos dado tanta risada que nós não conseguíamos nem terminar a cena. Na verdade eu nunca pensei em voltar atrás para reviver coisas mas caramba, teve tantos dias que eu amei.

– Dizem que é a era de ouro da televisão agora. Você gosta de assistir algumas séries de TV, também?

Linden: Sim! Caramba, no que eu sou viciado. Eu provavelmente não ajudo no sistema de audiência, eu assisto tudo ou no Netflix ou iTunes ou DVR ou por assinatura ou o que quer que seja. Eu raramente assisto quando está passando mas eu adoro uma série chamada “Ray Donovan” esse ano e ano passado, amo “Penny Dreadful,” eu sentei e assisti a primeira temporada dela inteira e foi ótima! Você sabe que sou um pouco mais velho, eu amava “Mad Men,” amava, amava, amava! Eu ainda não assisti “Banshee” mas ouvi dizer que “Banshee” é incrível. “Shameless” é muito boa. Tem tanta coisa boa na televisão agora! “Boardwalk Empire” eu adoro da HBO, “Breaking Bad” era uma muito boa. “Archer” é talvez a minha série de televisão preferida [risos]. Sim, é a era de ouro da TV sim. Tem ótimas, ótimas coisas na televisão agora.

– Muito obrigada por arranjar tanto tempo para nossa breve conversa!

Linden: Não há de quê e obrigado!

Fonte.
Tradução & Adaptação:
Equipe TWBR.

Xerife Stilinski estará de volta resolvendo os mistérios de Beacon Hills na 5ª Temporada de Teen Wolf em Junho de 2015, sem data de estréia marcada. Fique ligado aqui no Teen Wolf Brasil para mais informações!







Postado por: em: 15 de setembro de 2014


Essa semana que passou trouxe o fim da quarta temporada de Teen Wolf, e hoje, infelizmente, não teremos novo episódio para aquecer nossos corações. Mas como recordar é viver, confira o que o elenco publicou sobre o último episódio da temporada:

Ian Bohen (Peter Hale) quase revelou tudo antes mesmo do episódio começar!

“Metade de mim quer contar tudo! Decisões… #TeenWolfFinale

Tyler Hoechlin (Derek Hale) dividia o mesmo sentimento que nós, não acreditando que já era o fim da temporada.

“Não acredito que hoje já é a noite de #TeenWolfFinale! Espero que vocês estejam prontos para isso. Mas sério, eu não acho que vocês podem… #TeenWolf”

E o rei do Twitter, Liden Ashby (Sheriff Stilinski), nos deixou ainda mais curiosos!

“@MTVteenwolf Hoje é noite de season finale… Minutos extras, ações extras, crianças desobedientes, amor, morte, família, amizade, México… #Moonday”

E Ryan Kelley garantiu que seu personagem, Parrish, estivesse pronto para o episódio da segunda passada.

E Meagan Tandy (Braeden), fofa como sempre, publicou essa foto do set de filmagens com os dois Dylans do elenco.

Arden Cho (Kira Yukimura) postou essa foto linda de morrer com Hoechlin que foi tirada logo após as gravações do último episódio. Não sei vocês, mas eu tenho a sensação de que o abraço de Tyler deve ser maravilhoso.

E por falar em Tyler, no dia 11 de Setembro foi seu aniversário de 27 anos! Ian Bohen publicou essa foto junto com ele e sua namorada, a atriz Brittany Snow, em uma comemoração.

Colton Haynes, nosso eterno Jackson, também prestou as homenagens para seu amigo no Instagram. Na legenda, ele colocou “Feliz Aniversário de 40 anos do meu irmão @tylerl_hoechlin! Um viva para as memórias incríveis/hilárias durante os anos e à mais fotos ridículas no Instagram!” Explosão de amor esses dois.

E agora que o elenco está de férias, Linden Ashby aproveitou para surfar com Dylan Sprayberry (Liam Dubar) e Mason Dye (Garrett). Queria muito alguma foto desse momento, mas só temos esse tweet de Linden que vai servir para alegrar nossa semana e fazer nossa imaginação pipocar:

“Surfei com @DSprayberry @MasonDye ontem. Anos de skate me deram uma sólida base na água! Eles fizeram aprender ser muito fácil!!”

E por último, mas de longe menos importante, Tyler Posey (Scott McCall) publicou um vídeo confirmando sua presença na Fan Weekend: The Wolves, convenção que trará parte do elenco de Teen Wolf aqui para o Brasil! Você pode ver o vídeo e saber mais sobre a convenção clicando aqui.

Hoje não tem episódio novo, mas nada impede que você não comece uma maratona! Que tal rever a primeira temporada e lembrar de Scott McCall com cabelo grande e Stiles Stilinski sem cabelo nenhum? Curta nossa página no Facebook e nos siga no Twitter para mais informações sobre o seriado e elenco.







Postado por: em: 14 de setembro de 2014


O site americano de entretenimento TVLine recentemente publicou em sua página uma entrevista com um dos produtores executivos de Teen Wolf, Russell Mulcahy. Ele respondeu às perguntas do colunista Andy Swift sobre boa parte do que aconteceu na season finale, “Smoke And Mirrors,” da qual ele inclusive foi diretor.

Alguns dos temas abordados foram o futuro de Chris Argent, a história por trás da evolução de Derek, o mistério de Parrish, a presença de Mason, e o namoro de Scott & Kira.

Vale a pena conferir a tradução da matéria e já se preparar para o que veremos na 5ª Temporada:

Entre a grande mudança de Derek, a nova missão de Parrish e a saída dramática de Kate, ainda há muito a ser discutido da season finale de segunda-feira de Teen Wolf.

Abaixo, o produtor executivo Russell Mulcahy – que também dirigiu o estendido episódio – fala sobre as maiores reviravoltas do episódio, e como elas podem afetar a quinta temporada da série.

TVLINE | Vamos começar pelo final. Argent indo embora com os Calaveras pareceu estranhamente derradeiro. Pode ser esse o fim da saga dos Argents?

Eu não diria isso. Desde o começo, nosso mantra era “sexy, assustadora e surpreendente,” e eu acho que todas as portas continuam abertas [para qualquer um voltar]. Tudo é possível em Teen Wolf.

TVLINE | Uma dessas “surpresas” foi a evolução de Derek. Já que esse é um conceito novo na série, você pode meio que explicar o que aconteceu?

Eu acho que é o que você quer que seja. Na mitologia, há várias interpretações, mas ele evoluiu para um nível diferente. É um ritual de passagem, uma evolução natural no mistério da síndrome de lobisomem. Tudo vem da mente do [criador] Jeff Davis; ele é brilhante, e ele me mantém atento. Estavam rolando apostas sobre quem era o Benfeitor, e a maioria de nós errou.

TVLINE | Também estou feliz que vocês não mataram a Braeden. Sua caçada em busca da Loba do Deserto continuará sendo a prioridade dela mais à frente?

Pode ser. A próxima temporada será para abrir bem os olhos. Nós não fizemos muito planejamento, mas pelas dicas que eu ouvi do que vem por aí, será uma temporada bem legal e interessante.

 TVLINE | O outro mistério é o que Parrish é. Você sabe o que ele é?

[Risos] Não sei. Eu acho que eles ainda estão consultando o Bestiário, tentando descobrir. Ele obviamente parece ser imune ao fogo, e ele tem uma boa quantia de força. Eu acho que nem ele tem consciência do que ele é ainda.

TVLINE | E ele terá Lydia o ajudando. Você vê a relação dos dois se tornando romântica algum dia, como muitos fãs estão esperando?

A química parece ser muito boa ali. Quer isso se torne algo romântico, ou só uma amizade íntima, eu não sei. Mas existe com certeza uma ligação que você viu em uma das últimas cenas dos dois juntos. É uma ligação muito forte se formando entre eles.

TVLINE | Lydia também passou boa parte da finale com Mason, e depois do que ele viu, não tem como ele fingir que não sabe do mundo sobrenatural. Ele vai estar mais por dentro adiante?

Oh, completamente! É um pouco como o pai de Stiles. Com o passar das temporadas, ele foi de ser um xerife normal em Beacon Hills para finalmente saber a respeito de lobisomens, homens-lagarto, bruxas e o que quer que seja. Então os olhos dele com certeza foram abertos.

TVLINE | Stiles teve um momento engraçado no final do último episódio, onde ele foi algemado à mesa; fez com que eu sentisse falta do velho, mais engraçado Stiles. Ele poderá voltar ao lado mais leve dele?

Eu não acho que esse lado algum dia desapareceu, mas eu sei que ele foi para um lugar bem obscuro na Parte “B” da 3ª Temporada. Quando ele estava possuído, nos realmente vimos o lado mais sombrio dele. Mas o lado mais leve – e, especificamente, o lado mais leve de Stiles com seu pai – irá continuar.

TVLINE | O relacionamento de Scott e Kira também é um favorito dos fãs. Vocês vão continuar a colocar obstáculos para eles na 5ª Temporada, ou será que eles vão conseguir um tempo só para eles?

Eles se importam um com o outro e se amam muito, mas você sabe, ainda é muito cedo [na relação deles], então sempre haverá novos conflitos.

Fonte.
Tradução & Adaptação: Equipe TWBR.

Todos ansiosos para a próxima temporada? Ela estreará na emissora americana da MTV no mês de Junho de 2015, ainda sem data confirmada. Para mais informações, fique ligado aqui no Teen Wolf Brasil!







Postado por: em: 10 de setembro de 2014


“Smoke & Mirrors” foi ao ar na segunda-feira (08), trazendo o fim da quarta temporada de Teen Wolf. Em noite de lua cheia, a audiência voltou a subir, marcando 1,543 milhões de telespectadores assistindo ao episódio ao vivo. O número de rating também aumentou, atingindo 0.8 entre adultos. 

A quarta temporada estreou com 0.9 de rating e a audiência marcou mais de dois milhões de telespectadores. Infelizmente, esses números caíram bastante durante os doze episódios, ficando na média de 1,600 milhões. Jeff Davis trouxe novos personagens para o seriado e aqueles já que se foram não deixaram de ser lembrados. A realidade humana também foi ressaltada nessa temporada, com problemas financeiros envolvendo as famílias dos personagens, além de conflitos escolares como os jogos de lacrosse e o sufoco de Malia para passar de ano e ser “mais humana”. A season finale se mostrou surpreendente, como sempre, resolvendo alguns conflitos e criando diversas novas suposições dentro das nossas cabeças. Teen Wolf volta em Junho do ano que vem para sua quinta temporada com vinte episódios.







Postado por: em: 10 de setembro de 2014


Ontem (8), com a exibição do último episódio da Quarta Temporada de Teen Wolf, o site de entretenimento TVLine publicou em sua página uma breve entrevista com Ryan Kelley, responsável por dar vida ao nosso ajudante do Xerife de Beacon Hills favorito, o policial Jordan Parrish. O ator respondeu a algumas perguntas do colunista Andy Swift a respeito da ainda desconhecida identidade sobrenatural de Parrish. Também compartilha e comenta teorias e especulações, fala sobre o possível relacionamento dele com Lydia Martin, interpretada por Holland Roden, e ainda conta histórias divertidas com Jeff Davis e a produção no set de filmagem. Confira a tradução da matéria logo a seguir:

A finale de segunda-feira de Teen Wolf pode ter fechado o livro da 4ª Temporada, mas para um personagem preferido dos fãs, um novo capítulo está apenas começando.

“Há algumas grandes coisas por vir para Parrish na próxima temporada,” o ator Ryan Kelley conta para o TVLine. “Estou animado para isso.”

A finale da 4ª Temporada nos deu um gostinho do que está por vir durante uma conversa entre Lydia e Parrish, na qual ela prometeu ajudá-lo a descobrir o que ele é de uma vez por todas. Abaixo, Kelley disseca o grande ponto crucial do episódio para Parrish, e o que o futuro pode trazer para ele e Lydia.

TVLINE | OK, seja honesto: Você sabe o que o Parrish é?

O que é insano em Teen Wolf é que Jeff e os escritores nos deixam nas escuras durante a maior parte do tempo. Mas eu tive sim a oportunidade de descobrir o que Parrish é. Eu me sentei com o [criador] Jeff [Davis], e ele me perguntou se eu queria saber, e eu disse, “É claro! Por favor, por favor, por favor.” Eu pude perceber que ele estava super hesitante, então eu fiquei tipo, “Espere, você quer me contar? Ou você só está fazendo isso porque se sente mal por mim?” Ele respondeu, “Eu na realidade não quero contar a você, mas eu conto se você quiser que eu conte.” Então eu decidi esperar. Eu tive a oportunidade, mas eu fui um bebezão. Eu pude ver que ele estava tendo dificuldade com isso na mente dele, então eu disse, “Eu vou deixar o Jeff ser o Jeff. Ele pode fazer os truques dele.”

TVLINE | Desculpe, o quê? Eu não sabia que um ser humano seria capaz de uma restrição dessa.

[Risos] Durante várias, várias, várias semanas, eu tentei enganar Jeff a me contar o que Parrish é. Eu ficava dizendo, “Se eu souber, eu posso interpretar o personagem de uma forma diferente,” mas eu acho que é justamente por isso que ele não nos conta as coisas antes do tempo. Mas ele me zoava bastante; ele sorria e parecia eu estava se preparando para dizer alguma coisa, e aí ele saía andando, ou fingia atender uma ligação. Ele brincou comigo a temporada inteira.

TVLINE | Você deve ter uma teoria, no mínimo. Algum palpite?

Com Jeff, qualquer coisa é possível. Eu tinha quase 99% de certeza de que eu era um caçador na 3ª Temporada, então as coisas com certeza podem mudar. Uma das grandes teorias que as pessoas parecem ter abraçado é a de que ele é uma fênix, só por causa das cinzas e o fogo. Eu vou dizer a você que eu pessoalmente não acredito que ele seja uma fênix, mas eu posso estar errado. Eu não acho que seja simples assim, apenas não pode ser.

TVLINE | Nós não sabemos, e você não sabe, mas é possível que Parrish saiba?

Eu não sei disso, mas na minha opinião, eu acredito de verdade que ele não saiba. Eu também espero que ele não seja malvado; eu vou só jogar essa no ar. E se ele não é do mal, não haveria razão para ele fingir não saber o que ele é. Ele tem feito muitas perguntas ultimamente.

TVLINE | Parrish e Lydia definitivamente têm uma conexão. Poderá isso ficar romântico na 5ª Temporada?

Na esfera de Teen Wolf, qualquer coisa é possível. E com certeza há química ali; nós tivemos algumas cenas bem legais juntos. Quer acabe se tornando romântico, ou apenas uma amizade onde ele é intrigado por ela, nós não exatamente temos certeza ainda.

TVLINE | Quero dizer, coisas mais doidas já aconteceram; estamos falando de Teen Wolf.

Essa é na verdade uma piada interna contínua no set. Toda vez que alguém fica tipo, “Eu não entendi o motivo pelo qual meu personagem faria isso,” ou, “Isso parece estranho,” o diretor – ou quem quer que seja – vai responder tipo, “Gente, isso é uma série sobre lobisomens. Apenas façam.”

Fonte.
Tradução & Adaptação: Equipe TWBR.

E você, tem algum palpite sobre a criatura que Parrish pode ser, ou torce por um romance dele com Lydia? Não deixe de acompanhar o Teen Wolf Brasil para mais informações.







Postado por: em: 09 de setembro de 2014


Logo após a exibição do episódio 4×12 – “Smoke And Mirrors,” que concluiu o final da quarta temporada de Teen Wolf, a colunista Samantha Highfill publicou na página do site Entertainment Weekly uma entrevista com a grande mente por trás da série, Jeff Davis. Os temas principais foram, claro, os acontecimentos do episódio e da temporada em geral. Além disso, o produtor executivo revela inspirações de alguns enredospensamentos na criação de determinadas histórias, e até mesmo os rumos da já aguardada 5ª Temporada da série.

Naturalmente, a matéria está repleta de spoilers para quem ainda não assistiu à Season Finale – e pode dar um jeito nisso fazendo o download aqui. Confira abaixo as respostas de Jeff Davis às suas possíveis dúvidas pós-episódio:

O que é uma viagem para o México sem alguns Berserkers, uma werejaguar muito brava, e uma experiência quase-morte, não é? Essa é a atitude que Teen Wolf tomou em sua season finale da quarta temporada, quando praticamente todo mundo foi ao México para salvar Scott de Kate, dele mesmo, e depois de Peter. Uma hora depois, nós demos (esperamos que temporariamente) adeus a Chris Argent, um olá para uma versão mais poderosa de Derek, um tchau para Peter da Eichen House, e um até-logo-talvez para Kate. Enquanto para os outros, Kira recebeu sua primeira cauda, Jordan Parrish estava prestes a descobrir muito mais sobre si, e Liam havia ganhado um pouco mais de controle sobre sua vida.

Nós conversamos com o criador de Teen Wolf, Jeff Davis, sobre a uma hora cheia de ação do episódio, o pensamento por trás das reviravoltas e para onde a série vai na 5ª Temporada. (Dica: envolve o deserto.)

ENTERTAINMENT WEEKLY: Há tantas coisas sobre as quais eu quero falar, então eu tentei me organizar. Primeiro, a luta entre Scott vs. Peter. Eu gostaria de perguntar como você chegou ao visual do Peter. Estava num estilo bem Deucalion.

JEFF DAVIS: É. Muito especificamente, sim. Eu disse ao nosso maquiador de efeitos especiais, “Eu quero algo entre Deucalion, Derek, e o Alfa que Peter era na primeira temporada.” Eu sabia que queríamos dar a ele uma espécie de tom de pele mais escuro. Eu adoro aquele visual acinzentado no tom de pele dele, mas foi muito influenciado pelo projeto de Deucalion, que eu amava.

Eu simplesmente amei a ideia de Scott versus aquele que o mordeu quatro anos atrás. E apesar de estar muito feliz por você não ter matado Peter, você alguma vez já contemplou matar Peter?

Nós tínhamos falado a respeito disso um pouco. Nós dançamos ao redor da ideia de Scott tendo que matar alguém e para mim, Scott é como o Superman ou como o Homem-Aranha – ele não mata pessoas, e ele fará qualquer coisa que puder para não ter que fazer isso, então é como a situação do 3×12 quando muitas pessoas se irritaram porque eles não mataram Deucalion. Eu fico tipo, “O que eles vão fazer? Executá-lo?” [Risos] Eu não acho que isso seja algo que você quer ver seu herói fazer. Mas o Peter é bom demais. É muito difícil matar alguém como Ian Bohen. Nós o matamos uma vez, e aí tivemos que trazê-lo de volta porque ele era tão bom. Isso é na verdade uma prova para o ator de que nós não queremos matá-lo de vez. Mas eu também senti que nós havíamos ficado tão obscuros no final da 3B ao matar diversos personagens que talvez um pouco menos de derramamento de sangue para essa finale seria uma boa para nós. De certa forma, essa temporada foi muito mais uma temporada de transição. Foi uma espécie de reconstrução. Às vezes nós sentíamos como se estivéssemos quase que completamente começando do zero com a série.

O grito final de Ian Bohen foi simplesmente incrível.

Sim.

Mas adorei colocá-lo com Dr. Valack…

[Risos] Dr. Valack, sim. Brilhantemente interpretado por Steven Brand, que nós temos esperança em trazer de volta.

Bem quando você apresentou o personagem dele, você apresentou todo um gancho de mistério da Eichen House estar cheia de criaturas sobrenaturais. Esse gancho é algo que você deseja explorar mais pra frente?

Com certeza. Nós a chamamos de nosso Asilo Arkham, basicamente.

Legal!

E é sugerido por Argent durante a temporada que ele tem um lugar para o qual ele pode levar Kate caso necessário, então essa história é parte disso para nós. Nós simplesmente amamos a ideia de ter essa torre na Eichen House. Sabemos que a Eichen House não é o melhor lugar do mundo, mas e se eles tivessem um gancho, um subsolo onde eles mantinham pessoas assim? E é muito construído a partir dos quadrinhos do Batman e inspirado naquela galeria de vilões desonestos que você vê através das grades como o Coringa e o Charada. Amamos esse tipo de coisa. Nós sempre nos inspiramos muito em histórias em quadrinhos.

Bem, agora eu estou só esperando pelo episódio no qual alguém explode um buraco na parede e todos eles escapam e é simplesmente um caos.

[Risos] Isso seria ótimo!

Seguindo para meu próximo item, eu acho que essa parte da finale foi a que me fez respirar com mais dificuldade: O momento que Derek está vivo e Derek é um lobo! Quando ele levantou e eu vi a tatuagem, eu acho que eu quase desmaiei.

Eu espero que nós tenhamos esse efeito em muitos fãs. Você achou que ele estava morto mesmo?

Honestamente, eu tive que pausar o episódio e ir fazer alguma outra coisa logo após o momento que ele supostamente morreu, e eu passei uns bons 15 minutos achando que ele estava realmente morto até eu voltar e poder dar play de novo. E foram os piores 15 minutos da minha vida.

[Risos] Não, nós não poderíamos deixá-lo assim. Eu amo aquele momento. Para mim, é a evolução desse personagem que, na primeira temporada, era meio que do mal e não se opõe a fazer coisas ruins. E quando ele diz, “Eu estava evoluindo,” ele vem evoluindo desde a 1ª Temporada, e se ele não pode ser um Alfa, a ideia de que ele precisa nascer de novo na forma de algo maior foi muito atraente para nós como escritores que finalmente o veríamos em ascensão. Ele atingiria esse nível de controle que seria capaz de transformar seu corpo tão completamente que ele pode desaparecer na natureza, o que nós consideramos a parte mais poderosa de ser um lobisomem. Se você pode fazer isso, então você verdadeiramente alcançou o auge do seu poder.

Então onde ele fica em comparação com um Alfa nesse ponto?

Bem, ele tem um grande poder. É para dizer que ele pode nunca mais ser um Alfa de novo, mas ele chegou a um nível de poder que ele pode manipular seu corpo para que ele tenha esse controle agora, ele não é só o líder de um bando. Em muitas formas, é como ter alguém muito poderoso como segundo em comando. Ele é Lancelot. Se Scott é o Rei Arthur, então Derek é muito Lancelot.

Vamos passar para Kate e Chris. Eu achei muito bonito como você trouxe tudo de volta a Allison. Foi esse o seu pensamento durante a temporada inteira, que Allison era a força motriz por trás de Kate?

Absolutamente. Parte do que Kate queria fazer, e Peter diz isso em algum episódio, é restaurar a glória dos Argent. E a razão pela qual ela está tão furiosa com Scott e com tanta vontade de colocá-lo no caminho do perigo é porque ele arruinou isso. Ele de algum jeito dizimou essa família e é tudo culpa dele, mas Allison é a grande figura, ela está no centro de tudo. De certa forma, em muito dessa temporada, nós queríamos continuar prestando homenagem a Allison e o personagem dela e a ideia de que Kate acredita que foram eles que a mataram, o motivo dela estar morta são eles, e Argent diz, “Ela morreu salvando os amigos dela. Por quem você morreria?” E essa é uma vida bem vivida, mesmo ela tendo morrido aos 17 anos, então foi uma cena muito triste, e eu acho que os dois atores também, Jill [Wagner] e JR [Bourne], fizeram o melhor trabalho que eu já os vi fazer.

O outro componente disso foi Chris indo com os Calaveras procurar por Kate. Então quando nós voltarmos na próxima temporada, a sua intenção é que essa seja um enredo só dele, que nós acompanhemos sua jornada para encontrar Kate, ou nós veremos menos dele?

Vamos ver. A próxima temporada está muito no ar. E para ser honesto, completar essa temporada foi um desafio tão inacreditável que nós estamos contentes em simplesmente ter um intervalo e não pensar mais e esperar para que as novas ideias venham até nós. Então nós estamos tentando não falar muito da 5ª Temporada até nós realmente sentarmos de novo na sala de escritores e começarmos os trabalhos. A parte engraçada é que na verdade, quando concordamos com 24 episódios para a 3ª Temporada, nós não fazíamos ideia de que nós teríamos um tempo ainda mais curto para começar nos próximos 12 da 4ª Temporada. Nós só tivemos apenas seis semanas entre os ciclos de produção, e isso foi incrivelmente desafiante, então foi mais como se nós tivéssemos feito 36 episódios de uma vez.

Uma das coisas que você falou a respeito e que eu acho que fez essa temporada tão ótima é que todos vocês meio que simplificaram a mitologia ao ter algo tão direto como os assassinos tentando matar seres sobrenaturais. Isso é algo que você gostaria de continuar levando adiante?

Bem, nós temos uma ideia para a próxima temporada. Nós amamos essas mitologias complicadas. Eu sou um grande fã de Lost, e eu sou o tipo de pessoa que gosta de muito mistério, o tipo de mistério no qual nem sempre tudo é explicado. Eu amo o fato de que as pessoas criam teorias a respeito da série e inventam suas próprias ideias, então vamos ver o que acontece. Mas foi divertido fazer um mistério que realmente manteve a atenção dos nossos personagens principais mas também teve ligamentos temáticos bem como os fatos de que eles ainda eram seres humanos tendo dificuldades financeiras e tendo dificuldades com o que fazer. E tudo isso levou ao Peter, porque para muitas pessoas, dinheiro é poder e dinheiro irá permitir que você faça certas coisas, e o objetivo do Peter é poder, e ele, sendo a pessoa real que teve a ideia da lista de alvos, você pode ver que ele sempre teve planos e esses planos jamais darão certo porque sempre gira em torno de poder.

O mistério pelo qual eu sou obcecado, e que tenho certeza de que muitos fãs estão, é a Loba do Deserto. Estou certo de que essa é uma das coisas principais que você deseja explorar adiante.

Nós com certeza iremos trabalhar nessa história na próxima temporada. E Shelley Hennig acabou se tornando uma adição tão boa ao elenco. Ela é tão divertida. Ela teve alguns dos meus momentos engraçados favoritos dessa temporada.

Foi quando ela disse “cervo”?

Sim, exatamente. [Risos] É engraçado porque ela me mandou um e-mail ontem mesmo e dizia, “Eu acabei de comer cervo. Sem brincadeira.” [Risos] Então ela está em algum lugar de Nova Orleans eu acho, ou na Carolina do Norte, saboreando uma refeição com carne de veado. Carne de veado é cervo, não é? [Risos] Ela disse que assistiu com a família dela inteira, e todos riram bastante com a fala.

Outro personagem que eu estou amando é o Parrish! E essa temporada acabou com Lydia entregando a ele o Bestiário, então nós descobriremos o que ele é ano que vem?

Ah, sim. É, você vai descobrir, e será uma grande parte do enredo. Ryan Kelley é um amigo meu já faz quatro ou cinco anos agora, e eu o testei várias vezes para outros papéis no seriado incluindo o de Isaac, que foi interpretado por Daniel Sharman. A coisa do Ryan é que ele está nesse lugar interessante no qual ele não é menino o bastante para ser um estudante do colégio mais, mas não é homem o suficiente para interpretar o policial experiente ou o pai de alguém, mas como um jovem soldado? Perfeito! Então eu finalmente achei um papel para ele, e nós crescemos o personagem, e eu acho que ele tem se saído muito bem. Na finale, na imagem daquela cena na qual ele está atirando com a arma, eu disse para ele, “Você parece o Steve McQueen nesta parte!” Então é ótimo ver o público o abraçando. Ele é um cara tão legal também; estou muito orgulhoso dele.

E eu amo que as pessoas já estão shippando ele com a Lydia.

É, eu também.

O que mais? Oh, Kira ganhou sua primeira cauda! Eu estava aqui sentado pensando, “O que isso quer dizer?” Eu lembro que a mãe dela tinha caudas que controlavam os Oni, correto?

É, exatamente. É uma conexão simbólica. No mito, kitsune acumula caudas. Eles crescem mais caudas conforme ficam mais poderosos, e o mais poderoso é o kitsune de nove caudas, apesar de existirem lendas do kitsune de mil caudas. Mas essa é uma forma de nós visualizarmos sua cauda e dar importância e significado, porque ela enfrenta a possível morte nas catacumbas de La Iglesia e ela volta a tempo de avisar Stiles o que eles estão prestes a fazer, que é matar Scott. Eu acho que nós puxamos um pouco a Kira; nós a demos coisas divertidas para fazer nessa temporada, mas já que a 3B foi em essencial a história dela, nós tivemos três personagens nos quais queríamos nos concentrar nessa temporada que eram Derek, Lydia e Scott, e fazer a série devolver a nossa estrela, nosso ator protagonista, de volta aos holofotes. E Dylan [O’Brien] foi tão fenomenal na 3B, e isso foi parte do que queríamos. Mas nós amamos Arden Cho e ela é tão boa e é tão agradável tê-la como uma personagem regular da série agora.

Eu amo a ideia de explorar mais o poder dela.

Eu também amo essa ideia. Na verdade, aconteceu algo engraçado, alguém me mostrou algo no Twitter que dizia, “Por que a Kira não eletrificou as correntes quando ela estava lutando contra o Berserker?” E eu pensei comigo mesmo, “Caramba, essa ideia é muito boa! Por que ela não fez isso?” [Risos]

Eu achei que ela fosse fazer isso na hora!

Eu fico tipo, “Por que nenhum de nós escritores teve essa ideia?” Mas para ser sincero, nós constantemente temos essas discussões onde um escritor joga no ar alguma ideia sobre ela usando eletricidade e eu digo, “Veja, nós queremos mesmo chegar ao ponto em que ela está atirando Relâmpagos da Força Star Wars pelos dedos?” E todos nós concordamos que não, não queremos fazer isso. [Risos] Então, é um equilíbrio. Eu não quero que ela se transforme no Electro.

Sim, apesar de que seria até legal, mas creio que você tenha razão.

Seria bem legal. Espere, se ela ganhar uma série derivada, se nós tivermos uma com a Kira, a família Yukimura, ela definitivamente vai aprender a dominar seus poderes elétricos. Você poderia ver os relâmpagos voando das pontas dos dedos dela.

Eu assistiria isso imediatamente!

Eu também. [Risos]

OK, nós temos que falar do Liam. Eu estava assistindo à cena com Scott de Berserker me perguntando se você colocaria Kira para trazê-lo de volta ou talvez Stiles, mas eu adorei que todos vocês fizeram com que Liam fosse a pessoa a puxá-lo de volta. Qual foi seu pensamento por trás disso?

Foi parcialmente o tema da temporada: Nem todos os monstros fazem coisas monstruosas. Toda a ideia dos nossos assassinos na lista de alvos era que os monstros esse ano eram todos humanos, e os monstros eram os bonzinhos, um visual num estilo bem Clive Barker no gênero onde os monstros podem ser os heróis. Com Liam relembrando aquela fala, eu acho que fez daquele um momento muito emocionante porque nós tínhamos certeza absoluta que queríamos dar a Scott e Stiles um irmão mais novo nessa temporada. Eu amo essas relações, e eu acho que Tyler Posey e Dylan Sprayberry realmente se entregaram a ela, e a coisa mais divertida é, eles realmente gostam um do outro na vida real e você pode ver isso transcender nas câmeras, você pode ver o protecionismo de Tyler porque Dylan Sprayberry é muito novo na televisão; ele nunca trabalhou numa agenda como essa, e ambos Tyler Posey e Dylan O’Brien têm sido tão incríveis com ele, meio que o orientando e se certificando de que ele está fazendo um ótimo trabalho ao lado deles. Apenas tem sido uma relação muito boa. Então eu sabia que queria trazer essa fala de volta – “Você não é um monstro; você é um lobisomem, como eu” – e eu fiquei muito feliz com o resultado final. Aquele menino é um atorzinho dos bons.

É mesmo! OK, a última coisa que eu quero lhe perguntar é a respeito de Braeden. Eu acho que ter um elemento tão durão e humano na série é muito bom, então ela vai continuar a ser mais ou menos uma parte do bando?

Eu adoraria que ela voltasse, e é meio que por isso que nós a vinculamos com todo o mistério da loba do deserto. Eu amo tanto a Meagan Tandy; ela é uma garota tão incrível. Eu acho que ela intensificou muito nessa temporada. É engraçado. Nós tivemos a última gravação dela na finale Sábado à noite, e eu tive a oportunidade de conhecer os pais dela e os pais dela estavam tão orgulhosos. Então Braeden com certeza irá interpretar uma parte maior. Foi ótimo ter um ator que compareceu na verdade só para aparecer por um episódio no 3×01 e a ter de volta e se tornar um papel muito maior. Ela fez nove episódios dos 12 dessa temporada, e isso é uma prova para um ator, eles vêm com tudo no dia e você apenas quer escrever mais para eles.

E Derek finalmente tem um bom relacionamento.

Sim! [Risos] Bem, ele está evoluindo, então estava na hora dele encontrar alguém bom. Entao talvez não necessariamente o relacionamento que uma parte dos fãs querem [risos], mas eu amei as cenas de romance deles nessa temporada. Eu achei que a cena onde ela mostra para ele como usar uma arma e fica tirando das mãos dele foi muito boa. Ela foi escrita por Alyssa Clark, aquela cena, e ela fez um trabalho tão bom com ela.

Os dois levantando da cama semi-nus com armas quando Lydia estava na porta foi o meu visual favorito da temporada.

[Risos] Aquilo foi ótimo, não foi? Eu acho que eles estavam muito felizes fazendo aquilo também. É sexy.

É mesmo!

Sem querer promover o uso de armas nem nada, mas aqueles dois são sexy.

Fonte.
Tradução & Adaptação: Equipe TWBR.

E você, gostou do desfecho da quarta temporada? Continue ligado aqui no Teen Wolf Brasil para mais informações!







Postado por: em: 08 de setembro de 2014


Episódio: 4×12 – “Smoke and Mirrors” (ÚLTIMO DA TEMPORADA)
Sinopse: “Para salvar o bando das mãos de Kate, Scott e Stiles retornam à La Iglesia”
Data de Exibição: 08.09.14

DOWNLOAD

[TORRENT] HDTV – 290MB | 720P – 1GB

LEGENDAS

Mystic Subs

PLAYER ONLINE 

MegaFilmesHD

STILLS

Inicio > Teen Wolf > 4ª Temporada > Stills > 4×12 – Smoke & Mirrors

MÚSICAS DO EPISÓDIO

Death From Above 1979 – “Trainwreck 1979″
Seinabo Sey – “Hard Time”
Hozier – “Arsonist’s Lullabye”
Panama - “Destroyer”







Postado por: em: 08 de setembro de 2014


Derek Hale (Tyler Hoechlin), de Teen Wolf, não teve muita sorte na sua vida amorosa. Após seu primeiro amor ser atacado por um lobisomem, ele foi forçado a matá-la para acabar com sua miséria. Depois, ele se apaixona equivocadamente pela caçadora de lobisomens Kate Argent. E não vamos nos esquecer do seu lance com o Darach da terceira temporada.

Mas agora, a quarta temporada tem dado a Derek um novo desafio: ser humano. E com seus poderes de lobisomem desaparecendo, a única coisa boa que lhe restou nessa situação está sendo, de alguma forma, a relação saudável com a durona Braeden (Megan Tandy). As más notícias? Se a previsão de Lydia estiver correta, Derek morrerá.

No último episódio que vai ao ar hoje à noite, Derek e Braeden estão se preparando para salvar Kira e Scott, os quais foram raptados por Kate e lavados até o México no episódio anterior. E acredite ou não, a parte mais assustadora dessa viagem não é a que Scott se torna um Berserker. Ao invés disso, é a que Derek se mostra conformado com seu destino. Em um vídeo exclusivo da finale. Derek fala para Braeden que está tudo bem em ter que morrer, e como todos os fãs de Teen Wolf, Braeden não está feliz com isso.

Derek: Eu ainda não gosto de depender dessas coisas.

Braeden: Eu entendo. Você sente falta dos seus poderes. Eu também sentiria.

Derek: Não se trata de poderes, mas de poder ajudar. Não quero ser inútil.

Braeden: Sou humana. Pareço ser inútil?

Derek: Você atira muito melhor que eu.

Braeden: Você acha mesmo que não consegue voltar?

Derek: Não vivo.

Braeden: Sabe que não estou de acordo com isso.

Derek: Eu estou… Se for para salvar Scott e Kira.

O último episódio da quarta temporada irá ao ar hoje, 8, na MTV americana, a partir das 23h, e você pode assistir ao vivo através de streams. Fique ligado no Teen Wolf Brasil para mais novidades!







Postado por: em: 08 de setembro de 2014


Chegou o tão temido (e esperado) dia para nós, fãs de Teen Wolf. Hoje vai ao ar o último episódio da quarta temporada e ninguém está emocionalmente preparado para isso. Ainda restam muitas perguntas na cabeça de todos, e agora é só fazer a contagem regressiva e torcer para que Jeff Davis seja um bom garoto. Até o pessoal da MTV está sofrendo com essa season finale, olha só:

“EU. NÃO. ESTOU. PRONTO.”

NÓS TAMBÉM NÃO ESTAMOS!

“Tudo acaba amanhã.”

Apenas pare, MTV. Já estamos sofrendo demais. E agora vamos fingir que nada disso está acontecendo e admirar essa selfie da família Stilinski junto com Braeden. A foto, como Meagan Tandy colocou na legenda, foi tirada a caminho para o set de filmagem.

A cada semana surge um novo projeto que alguém do elenco de Teen Wolf está participando. O rei dos projetos paralelos, Tyler Posey, está envolvido em mais um! A MTV estreou um documentário nesse domingo (07) chamado “Being Tyler Posey”, que fala sobre a vida real do ator. Nossa equipe também traduziu uma entrevista que ele deu para a People Magazine falando a respeito disso e sobre várias outras coisas. Você pode ler clicando aqui. E o Twitter da MTV usou essa foto abaixo para divulgar o documentário:

“Cancele seus planos de domingo à noite porque “BeingTylerPosey estreia as 10/9c e você não vai querer perder!”

Como dizer não para essas bochechas? <3

Já falamos aqui no TWBR também que Shelley Hennig (Malia) está no elenco de um filme chamado “Still Life”. Ainda não há muitas informações sobre a história, mas o elenco parece bem contente com o resultado, como nessa foto postada pelo Matt Shively, que faz parte do elenco do filme.

“Esse foi o melhor elenco. Final agridoce desse filme maravilhoso. Still Life sempre terá um pedaço do meu coração.”

E Dylan O’Brien, como todos já sabem, estava divulgando o seu novo filme, “The Maze Runner”, e aqui está mais uma foto junto com o elenco do filme porque Dylan nunca é demais.

Infelizmente preciso dizer no final desse post para você não se esquecer de voltar aqui no TWBR mais tarde para assistir ao último episódio de Teen Wolf. Curta nossa página no Facebook para mais informações do seriado e siga nossa conta do Twitter para acompanhar os comentários da equipe sobre o último episódio.